PLANEJAMENTO SEMANAL DE CARDÁPIO: VOCÊ FAZ?

Se você não faz o planejamento de cardápio semanal para a sua família, nem imagina como pode simplificar sua vida e evitar dores de cabeça - das grandes! Sei que é chato perder algum tempo e elaborar um cardápio legal, mas vale a pena. Prá te ajudar, aqui vão algumas dicas e também um planejamento semanal para você copiar à vontade. Planejamento completo de refeições - café, almoço e jantar - e já com a lista de compras junto. Você vai economizar com certeza e ver como é fácil e prático.


1. Conheça o seu orçamento. Você não pode saber quais ingredientes que você pode se dar ao luxo de comprar, se você não sabe o que tem para gastar. Em casa usamos um sistema de envelopes com dinheiro. Então, eu divido o dinheiro dirigido para compras mensalmente, por semana. E esse é o meu orçamento.

2. Conheça a sua agenda. Você pode planejar um menu para o mês inteiro ou por semana. Faça o que for mais conveniente para você e sua família (eu costumo planejar para cerca de uma semana). Eu olho para a agenda da próxima semana para ver o que irá acontecer (por exemplo: há uma noite em que iremos jantar fora ou no sábado faremos uma pequena viagem) e então planejo nossas refeições em torno desses eventos. Se pretendemos estar em casa o dia todo, no fim de semana, levo em conta isso também.

3. Saiba o que há em sua geladeira. A maioria de nós têm a sorte de manter uma bem-abastecida geladeira, freezer e despensa. Então vamos aproveitar tudo! Nada deve se estragar! Faça um balanço do que você já tem e construa seu cardápio em torno de itens que precisam ser utilizados - levando em conta o que pode estragar primeiro. Esta é uma ótima maneira de economizar dinheiro e usar a comida que você já tem.

4. Conheça os seus limites culinários . Nem todo mundo gosta de cozinhar, certo? Sem problemas. O planejamento de refeições não significa elaboradas refeições gourmet, todas as noites. É perfeitamente possível colocar "pizza congelada" no seu cardápio, se você não gosta de passar muito tempo na cozinha. O importante é que você planejou antes e está preparada para alimentar a sua família sem correrias ou desgaste no último minuto.

5. Saiba onde fazer compras. Levando em conta a super importante economia, procure sempre usar os sacolões ou feiras para as frutas, verduras e legumes e um bom supermercado para o restante. Nada impede também que você faça suas compras mensais no "atacadão" de itens como arroz, feijão, óleo, azeite, lataria, café, açúcar e produtos de limpeza e higiene.

6. Mantenha um livro ou caderno com suas receitas preferidas . Isso faz com que a parte do planejamento seja mais rápida. Dessa forma, você não tem que procurar todas as receitas cada vez que você se prepara para planejar.

7. Não se esqueça do café da manhã e dos lanches . Se você gastar o seu tempo focando no jantar, pode esquecer que tem que alimentar a família algumas vezes por dia, principalmente no final de semana! Se você não planeja para essas refeições, pode acabar gastando dinheiro extra comendo fast-food (claro que uma refeição fast food vai muito bem também - leve isso em conta no seu planejamento). Você pode planejar cada refeição individual e lanche ou apenas comprar o básico que você sabe que vai fazer (ou seja, cereais ou achocolatado no café da manhã, pão para sanduíches, frutas para lanches etc.)

8. Separe um tempo tranquilo para o planejamento e compras.

9. Encontre um tipo de planilha que você goste e preencha-a. Há modelos online gratuitos (normalmente em inglês) mas eu já fiz um para você! Acho que você vai gostar.

10. Faça uma pausa quando não dá certo. Relaxe! Demora um pouco para atingir o equilíbrio no planejamento de refeições. É mais fácil em algumas estações da vida do que em outras, por isso não se preocupe se encontrar tempo para planejar ou se cometer alguns erros ao longo do caminho. Apenas tente novamente quando estiver pronta.



1 comentários:

Salatiel Santos disse...

Gostei muito do seu planejamento vou copiar

 
Pin It button on image hover